terça-feira, 19 de abril de 2005

/verdex - POST-07 -> 19/04/05




Eis o panorama visto da minha sacada. A bela visão noturna da minha querida cidade.
Não é muito, mas é isso q eu fico olhando nos meus momentos de dificuldade... quando quero pensar, quando estou triste, quando preciso de um ar puro... ou meramente para relaxar minha mente sentindo a brisa da madrugada enquanto olho essas luzes artificalmente lindas.
Para os que são rapidos, devem ter percebido que existe um prédio em construção, na frente da minha bela visao.
Ele vai tampar grande parte... na verdade já está. Já nao consigo ver aquela rua sem saida, nem as torres atras do predio.
Mas talvez esse predio só melhore minha visao, quando ele estiver pronto e com moradores. Quem sabe...
Até nisso essa visao me faz pensar... como ela sera? Soh me mostra que tem coisas q só o tempo pode resolver ou responder.
Talvez valha a pena esperar, afinal, o que há para se perder? De um modo ou de outro este panorama será alterado.
Mas isso nao vai mudar as estrelas, nem a lua, que me faz sentir revitalizado ao ser banhado por sua luz. Nem vai mudar o sol se pondo no horizonte vasto. Nem as corujas que raramente passam por aqui, ou os outros passaros. Nem o Bem-Te-Vi que para todos os dias na parabólica da vizinha e começa a cantarolar. As vezes, nao sozinho. Tb não vai mudar os sons que ouço de madrugada.
Houve uma época q no lugar deste predio havia um monte de mato... e um cano que derrubava alguma coisa do esgoto. Sim, é nojento. Mas quando eu fechava os olhos e ouvia o som, eu me sentia num lugar calmo, ouvindo uma cachoeira de longe.

A beleza não esta apenas nos olhos de quem ve... está na mente de quem imagina tb. Ou pelo menos eu acredito nisso.

6 comentários:

Sato disse...

zhe said on 4/19/05 10:37 PM …

que profundo..........

Sato disse...

zucker said on 4/19/05 11:15 PM …

ah, a gente já falou sobre isso! =]
é uma das melhores coisas mesmo. se eu pudesse [quero dizer, se eu não fosse assaltada, estuprada e morta assim que eu pusesse os pés fora de casa], eu vagaria sem rumo madrugada adentro.
e eu sinto mta falta de morar em prédio por causa disso. eu costumava sentar na sacada e ficar olhando a cidade à noite. é uma das melhores sensações. ah, já falei tudo isso pra vc né?
mas enfim, eu sei como é.

;*

Sato disse...

Tássia said on 4/20/05 8:14 PM …

Eu sei mesmo q vc vai ficar olhando as suas novas vizinhas gostosas do prédio em frente! humpf!
Soh eu mesma pra estragar seu momento de reflexão.. mas esse eh meu trabalho... te atormentar! haha! AMO VOCÊ PRA SEMPRE! bjo!
Sacadas rlz...eu quero um apartamento com sacada lah na Sta. Cruz!

Sato disse...

Lílian said on 4/20/05 9:39 PM …

SP... hehehe... Qqr dia eu vou aí... Talvez não pra morar, mas pra visitar eu irei com certeza!
Pois eh... Quem sabe Com a construção do prédio vc tenha uma vista até melhor neh... hehehhe...
Aki num tinha prédio nenhum em volta, mas aí Aracaju tah crescendo de mais, e agora tah cheio... tsc... e num melhorou em nada... kkkk Pelo contrário... Dá nem pra tomar banho de piscina sem ter alguem olhando... Pior eh qdo o prédio tah em construção e tem akeles pedreiros... arghhh...
Dexa eu parar pq se naum vou fazer um texto falando sobre construções e pedreiros... Que não tem nada a ver com o que vc escreveu, mas tudo bem...
Bjaum!!!! Continua com suas filosofias pq elas são foda!

Sato disse...

fox said on 4/21/05 7:44 AM …

Você já me viu com essa fisionomia
Logo quando nos conhecemos, eu estava justamente com o cabelo assim, duh!


sua vista é muito linda, que merda construirem um prédio aí.

Sato disse...

zucker said on 4/21/05 3:40 PM …

pois é, é o que falta mesmo.
com o tempo eu aprendo, espero.

;*